Volta              - Docinhos -

Bem-casados Bom-bocado de coco
Brigadeiro Cocadinha
Olho de sogra Pé-de-moleque
Quindim de liquidificador Quindins tradicionais
Rapadurinhas de leite Suspiros

Nas festas de aniversário, casamento, batizados e tantas outras comemorações, a mesa enfeitada e repleta de docinhos é tradição nacional. Uma enorme variedade de pequenas delícias de "comer com a mão" em forminhas de papel, aguçam o paladar de qualquer um. Os docinhos são um pouco trabalhosos, pois geralmente precisam ser enrolados um a um, ou cortados em pedaços regulares, mas vale a pena! O sucesso com as crianças.... e com os adultos.... é sempre compensador.

Brigadeiro

É o campeão dos docinhos. Não pode faltar em nenhuma festa!
Ingredientes

1 lata de leite condensado

3 colheres de chocolate em pó

1 colher das de chá de manteiga ou margarina sem sal

Chocolate granulado

Dica:
Para apurar mais rápido, cozinhe primeiro o leite condensado dentro da lata em panela de pressão por 30 minutos

Modo de preparar

1. Coloque o leite condensado, o chocolate e a manteiga em uma panela.

2. Leve ao fogo brando mexendo sem parar até desgrudar do fundo da panela

3. Espere esfriar, enrole os docinhos e passe no chocolate granulado

4. Coloque em forminhas de papel

Cocadinha

Uma versão da tradicional cocada para ser servida em festas.
Ingredientes

½ quilo de açúcar

½ xícara de água

1 coco fresco ralado

Modo de preparar

1. Prepare com o açúcar e a água uma calda em ponto de bala.

2. Coloque o coco ralado e mexa vigorosamente até desgrudar da panela e começar a "fritar" no fundo

3. Bata com uma colher de pau durante alguns minutos e despeje no mármore untado

4. Corte as cocadinhas ainda mornas e coloque em forminhas de papel

Rapadurinhas de leite

São deliciosas. Se gostar, misture amendoim previamente torrado e moído.
Ingredientes

1 litro de leite

¾ de quilo de açúcar

1 pitada de bicarbonato de sódio

Modo de preparar

1. Leve todos os ingredientes ao fogo brando, mexendo sem parar até soltar bem do fundo da panela

2. Tire do fogo, bata durante alguns minutos e despeje em mármore untado

3. Corte as rapadurinhas ainda mornas

Pé-de-moleque

Um doce bem caboclo, consumido em todo o país em várias versões: feito com rapadura, com açúcar branco e com glucose de milho. Cada um com seu sabor e consistência particular. Este é o de rapadura
Ingredientes

1 rapadura

½ quilo de amendoim

Para variar

Experimente o pé-de-moleque da D. Rosita, de Lambari, receita do acervo da Família Cannabrava:

Põe-se no fogo um pouco de açúcar, deixa-se ficar no ponto de queimado, bota-se amendoim torrado, mexe-se um pouco e despeja-se em uma táboa molhada. Deixa-se esfriar um pouco e depois corta-se em pedaços com a faca.

Modo de preparar

1. Torre o amendoim, tire a pele, esfregando-os com as mãos e moa a metade. Reserve

2. Parta a rapadura em pedaços e leve ao fogo brando com um pouco de água para derreter bem.

3. Quando a rapadura derretida tiver formado um melado bem grosso, junte os amendoins moídos.

4. Continue mexendo por alguns minutos mais, até a massa começar a soltar do fundo da panela.

5. Coloque os amendoins que deixou sem moer, mexa bem e tire do fogo

6. Bata durante alguns minutos, despeje em mármore untado.

7. Espere esfriar um pouco e corte

Suspiros

Dizem que se chamam suspiros, porque é impossível comê-los sem suspirar algumas vezes de satisfação. O truque para que fiquem branquinhos e bem crocantes é assá-los lentamente e com pouco calor. Regule o forno no mínimo e para que fique ainda menos quente, deixe a porta entreaberta, colocando um pequeno calço. As claras crescem melhor se estiverem à temperatura ambiente.
Ingredientes

5 claras

15 colheres de açúcar

1 pitada de sal

(Se quiser aumentar a quantidade, use sempre 3 colheres de açúcar para cada clara)

Para variar:
Faça suspiros "casadinhos" grudando-os de 2 em 2 com creme chantilly ou geléia

Modo de preparar

1. Bata as claras com a pitada de sal até ficarem em neve, bem duras, formando picos

2. Acrescente o açúcar pouco a pouco sem parar de bater

3. Forre uma assadeira untada com papel manteiga.

4. Pingue o suspiro com a ajuda de duas colheres ou com bisnaga de confeiteiro.

5. Asse em forno muito brando até ficarem secos.

6. Deixe esfriar no forno

Quindins tradicionais

Este é um dos mais famosos doces de ovos, ou melhor, de gemas, de origem portuguesa. Tornou-se muito popular nos últimos anos, sendo presença indispensável nas festas ou como sobremesa no almoço de Domingo. Esta receita é do começo do século e pertence ao acervo da família Cannabrava. Assim era preparado o quindim nas fazendas do interior de S. Paulo.
Ingredientes

15 gemas

½ quilo de açúcar

1 xícara de coco fresco ralado

2 colheres de manteiga sem sal